domingo, 6 de fevereiro de 2011

Voltei.

Mas, pra falar a verdade, não queria voltar não. Sabe, uma das grandes vantagens de se perder 10 quilos é que ir a praia fica bem mais gostoso. Ta certo que o sal que gruda na pele e a areia que nunca acaba, não importa quantos banhos você tome continuam a ser um problema, mas a importância deles é bem reduzida quando seu corpo fica bem mais leve e bem menos redondo. Foi o máximo. Fazia tempo que não me sentia tão bem em um lugar público em que é necessário usar tão pouca roupa.

A viagem em si, também foi ótima, apesar de ter acontecido totalmente em cima da hora. Uma das grandes vantagens de janeiro é que a quantidade de trabalho no escritório é reduzida e as pessoas começam a cuidar de todas as pendência durante o ano. Foi nessa que eu descobri que trabalho demais. Um belo dia, vieram me dizer que meu saldo no banco de horas era gigantesco. Estaria rico, se pagassem hora extra lá no trabalho. Como não pagam, para dizer que são boas pessoas e uma instituição honesta, deixam que os funcionários, eu no caso, acumule essas horas e troque por dias. Pois eu ganhei 14 dias! E essas horas são mais legais do que férias, porque não conta final de semana!! O único problema é que eu não podia escolher quando folgar, tinha que ser imediatamente, enquanto o movimento estava fraco. Não pensei duas vezes. Liguei para uma amiga minha que tem uma casa na praia, pedi as chaves emprestadas e fui mudar a cor da minha pele e treinar nado em mar aberto. Tá, a segunda parte é mentira. Tenho um pouco de medo de todos os seres vivos que tem no oceano e, para evitar que um peixe venha a me morder, não vou muito fundo. Enfim, o único problema é que lá não tinha internet. Nem computador. O que foi bom por um lado, é claro, porque deu pra relaxar bem, mas me afastou do blog.

Quanto a dieta, aproveitei bastante para pensar sobre ela e decidi que tenho que continuar. Meu peso, agora, é 74,8 o que achei ótimo dado que estava viajando! Como é de se esperar, lutar contra frutos do mar empanados e fritos não foi fácil e tenho uma boa quantidade de histórias sobre coisas que aconteceram nesse meio tempo; vou contando aqui aos poucos, se não vai ficar um post muito grande.

Por fim, quanto a cachorrinha, seu nome é panqueca. Mas acho que ela não é mais minha. Quando fui viajar, deixei minha coleguinha de rabo abanante na casa de meus pais e, quando liguei para dizer que estava de volta, eles deram a entender que não me devolveriam ela. Talvez seja melhor assim já que lá ela tem um quintal para brincar... Mas vamos ver o que acontece.

8 comentários:

  1. Que bom ler seus textos novamente.
    Aguardo o próximo, rs.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. ainda bem que já voltou... já tinha saudades

    beijo

    ResponderExcluir
  3. Adorei o nome da cachorrinha...q delicia tirar umas férias sem programar..tudo de bom..adoroo praia!..q bom q está de volta..
    Bjokinhasss

    ResponderExcluir
  4. uns quilinhos a menos sempre fazer o corpo ficar mais elegante! fui pra paia com quilinhos a mais e já me senti muito mal... uma semana super light! bjus!

    ResponderExcluir
  5. A Michele tbm percebeu! rs
    Baxie é um homem. Não sei pq evitava em revelar isso, mas hj deixou escapar o "estaria rico".
    Pra mim continua a mesma coisa, um autor de um blog muito interessante, de textos engraçados e que eu visito sempre.

    ResponderExcluir
  6. Sim, eu sempre achei q fosse homem tb!!!!
    Bem vindo!!!!
    Nao some denovo nao, tava com abstinencia de seu blog, e de abstinencia já basta a de açucar rsrsr
    Beijos e boa semana

    ResponderExcluir
  7. Obaaaaa!! Voltou!!
    Coisa boa!!
    Adoro ler teu blog!!
    Não nos abandona mais!!
    Beijos

    http://80diasparaemagrecer.blogspot.com

    ResponderExcluir