sexta-feira, 12 de novembro de 2010

É agora.

Meus olhos foram a seu encontro, mas ela continuou lá, com a mesma expressão de desdém de sempre. Nem um movimento, nem um sinal. Queria dizer alguma coisa, mas não encontrava as palavras, não sabia como me expressar. Minhas pernas se mantinham firmes no chão, incapazes de se mover. Aos poucos, o ar começou a queimar minhas narinas e meus olhos, sem piscar, ardiam. Foi um dia duro e aquilo tinha que ser resolvido naquele momento. Não poderia adiar por nem mais um instante. Era hora de, de uma vez por todas, enfrentar aquele horripilante ser destruidor de sonhos, sem coração. O inimigo. Aquela maldita balança.

Pois é, sete dias se passaram. Nada mais importa agora, preciso saber se todo esse esforço foi em vão ou se consegui algum resultado. Respirei fundo e encontrei forças para mexer meu pé direito pra frente. Depois o esquerdo, direito e antes que percebesse tinha dado os quatro passos que me separavam da maligna. Apertei os olhos e subi. Ouvi atentamente o barulho de suas engrenagens rodando. Como rodavam! Não tinha adiantado nada, uma pessoa magra não faz a balança rodar tanto. Abri os olhos e encarei os azulejos do banheiro. Coragem. É melhor saber. Olhei pra baixo.

Oitenta e três virgula oito. Quem diria. Não é que funciona? Nem vou descrever o que senti naquele momento porque imagino que todos saibam como é bom ver que aquilo que você tentou deu certo. Mas não consegui segurar minha empolgação. Posicionei a balança em baixo de um ganchinho que tem no teto, pequei uma cordinha, passei pelo gancho e me puxei pra cima. Só o suficiente pra ver os 75 marcados na balança. Pareciam ali, tão próximos, tão simples. Tão leve! Acho que fiquei uns 47 segundos nessa brincadeira, até a cordinha arrebentar. Que ideia idiota essa, de brincar com a cordinha.

PS: só postei hoje porque esperei até 5 pra meia noite para ver o que tinha acontecido.

8 comentários:

  1. Muito engraçado seu ponto de vista rsrs pelo que percebi vc tem um ótimo senso de humor...sou leitora do blog da boa forma.Cristiane correia

    ResponderExcluir
  2. Opa! Maravilha, parabéns!

    Agora é ladeira abaixo hehehe

    ResponderExcluir
  3. Nossa..que del´´icia sua maneira de escrever, eu adoro escrever assim também, me lembra os livros de José de Alencar, onde ele descrevia as sensações...parabéns!

    Visite-me:

    http://mayarasantana.wordpress.com/

    Beijos, Mayara.

    ResponderExcluir
  4. OLa fikei feliz pela sua visita ...e aki estou.
    ja estou te seguindo ,,beijos .
    Força vc vai consequir sim ,em nome de jesus .
    Sempre me visite ta

    ResponderExcluir
  5. Olá, Baxie!
    Vim conhecer o blog e adorei!
    Já o sigo!
    :o)

    ResponderExcluir
  6. Muito bacana seu blog, beijo!
    Estou seguindo!

    ResponderExcluir
  7. Minha matéria foi escolhida pelo concurso de moda da Vicunha!! - http://www.vipreview.com.br/materiaVip.php - Vota em mim!

    Beijos

    ResponderExcluir